Webinar: como realizar um evento on-line com foco em vendas

Publicado em 26 de setembro de 2020 Publicado por Redação BRZ Content

Assim como as lives do Instagram, o webinar virou febre durante a pandemia; mas ele possui uma finalidade estratégica maior. Além de engajar a audiência com conteúdo, os webinars podem gerar leads reais para seu negócio.

Como realizar um webinar e garantir o êxito da sua estratégia de vendas? Hoje, temos um passo a passo para planejar os resultados do seu evento on-line

A fase de preparação de um webinar prevê as seguintes etapas:

  1. Definição de data e hora: Na escolha de data e hora, é importante considerar o estilo de vida e comportamento do seu público, para ter mais chance de realizar o evento na hora em que eles estão mais propensos a receber seus conteúdos.
  2. Pauta/Tema do webinar: Para escolher o tema do seu webinar, com o objetivo de vendas, uma dica importante é: levante com sua equipe quais são os principais objetivos de compra dos clientes. Em cima disso, reserve um tema que contorne estas objeções. Além disso, faça uma lista com possíveis perguntas que os espectadores podem fazer e já prepare as respostas.
  3. Convidados: Você, dono ou diretor da empresa, pode fazer o webinar sozinho, mas é mais interessante se você puder convidar autoridades no tema que você definiu para a pauta. Eles trazem convidados, transferem autoridade para sua marca e engajam a audiência.
  4. Roteiro: Escolhidos os assuntos e os convidados, é importante definir os tópicos que serão abordados, com momentos do início, meio e fim. Na abertura, você pode deixar claro o que as pessoas vão receber ou aprender durante o webinar, explicar regras para perguntas e até pode avisar que, ao final, apresentará bônus para compra de produtos. Neste último ponto, a transparência é importante para que sua audiência não se sinta enganada ao ser imapctada por uma promoção comercial no final.
  5. Teste ferramentas: Escolha uma ferramenta para a transmissão. Recomendamos StreamYard, mas você pode usar também o Zoom. Faça o preparo técnico, com câmeras e microfones. Mantenha a câmera no nível dos olhos ou acima e cuide do enquadramento. Faça uma simulação com a apresentação real, exatamente como você fará ao vivo com alguém do outro lado. Lembre-se de que você estará sentado; portanto, teste o cenário, iluminação, áudio e enquadramento. Evite deixar um espaço muito grande entre a sua cabeça e o topo da tela. Cuide para que não haja objetos que possam desviar a atenção do telespectador no cenário.
  6. Defina um teto de duração:  Leve em conta o melhor momento para o seu público e cumpra o horário prometido, ou seja, não se estenda demais porque seus convidados podem ter compromissos após seu webinar. Se ele for embora, você não vai conseguir apresentar sua oferta de vendas.
  7. Moderadores: Se você for fazer o webinar em uma plataforma que tem espaço para  interação e comentários do público, é importante ter um moderador que elimine comentários inadequados, filtre e anote as perguntas pertinentes.
  8. Fechamento com chamada de vendas: Prepare seu discurso e um material de finalização do evento. Você pode fazer uma ação comercial promocional, desde que já tenha, de fato, entregado valor. Neste momento, não seja exagerado nem cansativo; apenas apresente sua oferta de forma discreta e inteligente.
  9. Divulgação do webinar: Divulgue nas mídias sociais, em seu meio de relacionamento e imprensa. Crie uma campanha, com teasers (chamadas com suspense para o evento) e artes com destaque para os convidados. Deixe uma landing page preparada para a chamada de vendas final. Nesta landing page, você pode entregar um vídeo-book ou um e-book em troca dos dados de cadastro dos participantes. Avise os inscritos no dia da transmissão com alguns minutos ou horas de antecedência.

Agora, confira três tipos de webinars que você pode realizar, de acordo com seu objetivo.

Um bom conteúdo muda tudo

Webinars fechados: você pode realizar seminários, demodays, debates e palestras on-line que só podem ser assistidos mediante inscrição do usuário. Com isso, você capta leads para fazer ações posteriores, como enviar conteúdo relevante para aumentar engajamento, criar grupos e comunidades e divulgar campanhas e ações de venda.

Webinars abertos: você pode criar pautas de impacto social, propondo a participação ativa do público a partir de chats de Q&A (Questions and Answers). Isso constrói credibilidade e autoridade.

Webinars de cursos: você pode fazer uma aula demonstrativa, provando a qualidade técnica, pedagógica e empática do corpo docente, com chamadas para conversão em matrículas.

Quer saber mais sobre webinars? Marque uma consultoria com nossa equipe de especialistas aqui e fique ligado nos conteúdos semanais do nosso blog; voltaremos ao tema em breve.

 Ficou interessado no serviço? Clique aqui e saiba como podemos ajudar a fortalecer a sua marca. 

Por Leticia Maciel, Jornalista, Assessora de imprensa e Diretora de Conteúdo, pós-graduada em marketing digital. 

 

 

 

Divulgue esse artigo
Publicado por

Deixe seu comentário

Os campos com * são obrigatórios

Artigos relacionados

20/02/2024

Media Training 4.0: como funciona e qual a sua importância na comunicação organizacional

Com o avanço tecnológico, as redes sociais se tornaram um novo espaço de influência, redefinindo...

12/01/2024

Marketing médico: como atrair e fidelizar pacientes no digital

De acordo com a pesquisa IPC Maps, especializada em potencial de consumo dos brasileiros há...

marketing digital 2024 28/11/2023

Tendências de marketing digital para 2024

Conforme um novo ano se aproxima, é hora de olhar para as tendências que irão...