Fake News: elas podem prejudicar a reputação da sua marca

Publicado em 16 de maio de 2022 Publicado por Redação BRZ Content

Com o uso em massa de redes sociais, as fake news se multiplicam pela internet, podendo prejudicar a reputação de marcas pessoais e corporativas. Por isso, agências digitais como a BRZ Content podem ter um papel fundamental na proteção das marcas e no combate à desinformação nas redes sociais.

De acordo com um estudo do Massachussetts Institute of Technology (MIT), as notícias falsas são 70% mais propensas de serem compartilhadas do que as verdadeiras. Durante o estudo, pesquisadores anotaram que as fake news chegaram a 1.500 pessoas cerca de seis vezes mais rapidamente que a verdade.

O grande problema disso é que as redes sociais são hoje a primeira fonte de informação de muita gente no mundo, principalmente dos brasileiros.

Conteúdo é informação

Neste sentido, as empresas e as agências digitais têm o papel e o compromisso de ajudar a garantir a qualidade do conteúdo publicado nas redes sociais, bem como em outras plataformas como sites, canais de YouTube e podcasts. Afinal, conteúdo é informação.

Um bom conteúdo muda tudo

Para ajudar no combate às fake news contra as marcas, existem hoje no mercado soluções inteligentes que monitoram marcas no ambiente digital, permitindo assim um melhor gerenciamento e até a exclusão de mensagens que possam ser prejudiciais às marcas.

O monitoramento de marca pode ser feito através do clipping de mídias tradicionais, mas também pelo monitoramento de mídias sociais. Hoje em dia, existem muitas soluções em inteligência de dados que podem ajudar neste trabalho de monitoramento e mensuração quantitativa, para tomadas de decisões assertivas.

Entre as plataformas de monitoramento já utilizadas ou analisadas pela BRZ Content podemos citar a Buzzmonitor, Google Alerts e Knewing.

Como combater fake news?

As notícias falsas são um tópico amplamente debatido entre gestores de comunicação e relações públicas, de acordo com a Latin American Communication Monitor. O relatório aponta que as fake news estão no radar de 65,2% desses profissionais.

Fique atento para combater fake news que possam impactar negativamente a imagem, credibilidade e reputação da sua marca:

  1. Acompanhe e responda às interações de seu público com sinceridade e transparência;
  2. Use influenciadores de credibilidade para difundir informação correta sobre eventuais boatos que surgirem sobre sua marca no digital;
  3. Use plataformas de monitoramento para monitorar sua marca e fazer comparações com concorrentes;
  4. Contrate uma Assessoria de Imprensa, para enviar informações corretas da sua empresa para a imprensa;
  5. Tenha uma equipe ou agência que produza conteúdo com apuração, análise e compartilhamento de fatos com fundamento técnico de jornalismo.

Fonte: https://mitsloan.mit.edu/ideas-made-to-matter/study-false-news-spreads-faster-truth

Divulgue esse artigo
Letícia Maciel
Publicado por
Letícia Maciel

Deixe seu comentário

Os campos com * são obrigatórios

Artigos relacionados

11/07/2024

Como trazer personalidade a sua marca: estratégias para empresas de serviços

Para ser autêntica e ter destaque no mercado, empresas de serviços precisam saber ouvir seus...

20/02/2024

Media Training 4.0: como funciona e qual a sua importância na comunicação organizacional

Com o avanço tecnológico, as redes sociais se tornaram um novo espaço de influência, redefinindo...

12/01/2024

Marketing médico: como atrair e fidelizar pacientes no digital

De acordo com a pesquisa IPC Maps, especializada em potencial de consumo dos brasileiros há...